Tag: Dicas

Você sabe o que é autocontrole emocional?

Você já deve ter sentido ansiedade, nervosismo, raiva e diversas outras sensações em determinados momentos da vida. 

Enquanto seres humanos, é muito comum e natural experienciarmos diferentes sentimentos de acordo com os estímulos que recebemos e com os ambientes em que estamos. 

Contudo, existem certos momentos em que os sentimentos podem nos pregar peças e nos prejudicar – seja na vida pessoal, acadêmica ou profissional.

Quem nunca ficou nervoso demais e não conseguiu se expressar bem em uma entrevista de emprego? Ou foi tomado por aquele famoso “branco” na hora de responder uma questão do Enem por conta da ansiedade?

O autocontrole é uma habilidade essencial para todas as pessoas, tanto para os que buscam crescer profissionalmente quanto para aqueles que querem cultivar boas relações. 

Pensando nisso, o EAD Univali preparou um conteúdo exclusivo sobre autocontrole, explicando a importância e como desenvolver essa habilidade. 

Fique conosco e entenda como lidar melhor com suas emoções. 

Confira:
Afinal, o que é autocontrole emocional?
Qual a importância do autocontrole?
O que um bom autocontrole pode evitar?
Como ter autocontrole?
3 livros sobre autocontrole emocional
Conclusão

autocontrole -  mulher cabisbaixa em frente ao computador

Afinal, o que é autocontrole emocional?

Autocontrole é a capacidade de dominar seus próprios impulsos, emoções e paixões.

Essa habilidade não diz respeito a frear ou impedir que os sentimentos nos atinjam, mas trata de uma forma mais saudável de lidar com as emoções, especialmente as negativas. 

O autocontrole ajuda a ter inteligência emocional para guiar as emoções negativas, como a ansiedade, o estresse e o nervosismo. 

Na maioria das vezes, não é possível impedir que emoções ruins nos aflijam, uma vez que são espontâneas e automáticas em certas situações.

No entanto, a pessoa que tem autocontrole consegue lidar melhor com esses sentimentos, fazendo com que a resposta a eles seja a melhor possível.

Ainda está difícil de entender? Vamos a um exemplo!

Imagine a seguinte situação: João está fazendo o Enem pela primeira vez e está sentindo muito nervosismo. 

Se João não tem autocontrole, ele vai acabar respondendo de forma negativa a essa emoção, deixando-a interferir em sua capacidade de raciocinar.

Por outro lado, se João é uma pessoa com autocontrole, é bem provável que ele consiga internalizar a situação e controlar esse impulso que o impede de pensar claramente. 

Mas como se desenvolve o autocontrole? Fique conosco que explicaremos nos tópicos a seguir. 

Qual a importância do autocontrole?

O autocontrole é uma das habilidades mais essenciais da vida. Afinal, sem ele, não conseguiríamos lidar com grande parte das situações cotidianas.

Já imaginou se as pessoas cedessem a preguiça e decidissem não ir trabalhar? Ou se cada vez que você recebesse uma crítica passasse a descontar em todos ao seu redor? A vida seria bem complicada, não é mesmo?

O autocontrole é uma habilidade que regula nosso comportamento e nos leva a agir de forma mais equilibrada, incluindo desde situações mais simples, como chegar pontualmente no trabalho, até aquelas um pouco mais desafiadoras, como gerenciar a raiva em um momento de estresse.

Cada experiência vai exigir níveis diferentes de autocontrole. É por isso que muitas pessoas  dominam essa habilidade de forma mais abrangente e conseguem controlar seus impulsos com mais facilidade do que outras.

No entanto, independente de você já dominar ou não o autocontrole, é sempre possível aperfeiçoar essa habilidade. 

Ela trará diversos benefícios para suas relações pessoais e profissionais.

Além disso, se cada um fizer a sua parte, poderemos viver em uma sociedade em que todos se respeitam, são mais pacientes e empáticos uns com os outros.

O que um bom autocontrole pode evitar?

Na sua vida pessoal ou ambiente de trabalho, é bem possível que você já tenha visto alguém perder o controle sobre suas emoções e ter uma reação exageradamente negativa diante de uma situação. 

Vamos ilustrar melhor o que estamos falando.

Imagine que você passou a semana repleto de demandas exaustivas no trabalho, chega sexta-feira, e tudo o que você quer é ir para a casa descansar. 

No final do expediente, seu superior vem até você e pergunta sobre a possibilidade de você trabalhar meio período no sábado, cobrindo um colega que está doente.  

Como você reage a essa situação? Certamente, sentimentos relacionados à raiva serão despertados. 

É bem possível que uma pessoa sem autocontrole acabe puxando uma discussão calorosa com seu superior e criando atrito naquela relação. 

Já uma pessoa que domina o autocontrole, provavelmente buscará dialogar de forma pacífica com o supervisor, explicando sua situação e tentando entrar em comum acordo. 

Ou seja, o autocontrole é uma forma de evitar conflitos. Essas situações de explosão podem abrir rachaduras nas relações, tanto na vida pessoal quanto profissional. 

É essencial encontrar um equilíbrio de emoções para ter relações mais saudáveis, evitando criar inimizades ou deixar o ambiente de trabalho pesado. 

Um bom autocontrole permite criar laços mais estáveis e duradouros e, consequentemente, uma vida mais equilibrada e saudável. 

Como ter autocontrole?

como-ter-autocontrole - mulher meditando em frente ao computador

Agora que você já sabe o que é autocontrole e entende sua importância, vamos trazer algumas dicas de como aperfeiçoar essa habilidade. Confira:

1 – Saiba direcionar sua energia para aquilo que deseja

O que o faz levantar da cama todos os dias? Quais são seus sonhos e seus valores? O que o motiva?

Ter clareza em relação ao que se está buscando é essencial para ter autocontrole sobre suas emoções.

Se você não vê sentido no que faz ou ainda não encontrou verdadeiramente seu objetivo, é bem provável que a falta de motivação o impeça de ter autocontrole.

Dessa forma, é importante direcionar sua energia para coisas que realmente deseja e considera relevantes. 

Viva conforme os seus sonhos e os seus valores, isso é essencial para se tornar o protagonista de suas ações e sentimentos. 

2 – Identifique metas de longo prazo

Traçar metas para alcançar nos próximos anos é uma ótima forma de exercitar e fortalecer o autocontrole. 

O fato de saber onde se deseja chegar, seja na vida pessoal ou na carreira, permite que se mantenha motivado ao longo do caminho.

Contudo, é importante não condicionar sua felicidade apenas a essas conquistas.

Procure formas de ser feliz hoje mesmo, identificando diariamente aquilo que o motiva e traz sensação de bem-estar. 

Dessa forma, você estará mais preparado para lidar com adversidades, controlando os sentimentos que elas suscitam em você. 

3 – Aprenda a lidar com o estresse

O estresse é um dos grandes inimigos do autocontrole. 

Ele costuma surgir em situações de grande pressão e esgotamento, provocando reações desproporcionais a qualquer imprevisto ou adversidade.

Dessa forma, aprender a lidar com o estresse é uma das melhores estratégias de autocontrole.

Mas como fazer isso? Testando diferentes técnicas. 

Praticar atividades físicas, fazer exercícios de respiração, fazer uma pausa para relaxar, mudar o foco, entre outras práticas, podem ajudar. 

Experimente cada uma delas e identifique a que funciona melhor para você. 

4 – Tenha hábitos saudáveis

Se você está com sono, fome e emocionalmente esgotado, é bem provável que perca a paciência com mais facilidade. 

Quando não estamos nos sentindo plenamente bem, é muito mais difícil manter o autocontrole emocional. Afinal, o corpo e a mente já estão tendo que lidar com outros desafios. 

Nesse sentido, adotar hábitos saudáveis é uma ótima maneira de ter uma vida mais equilibrada e evitar situações de explosão. 

Dormir bem, comer de modo equilibrado, praticar atividades físicas regularmente e evitar a sobrecarga de atividades estão entre as atividades mais relevantes para viver de forma tranquila e com pleno controle sobre seus sentimentos e emoções.

5 – Meditação pode ajudar

Você sabia que a meditação é uma prática muito eficiente para fins de equilíbrio emocional?

Isso acontece porque a meditação é atividade voltada para manter a mente focada, o que ajuda as pessoas a se conhecerem melhor e aprenderem a gerenciar os próprios sentimentos.

Práticas de dez minutos por dia já trazem benefícios em relação ao equilíbrio emocional e ao autocontrole. 

Atualmente, existem diversos aplicativos de meditação gratuitos. Conheça alguns deles aqui e inclua a prática de meditação na sua rotina. 

7 – Conheça os gatilhos para cada emoção

Cada indivíduo tem os seus próprios gatilhos para determinadas emoções. 

Algumas pessoas ficam nervosas quando estão sob pressão, outras quando vão fazer algo pela primeira vez, por exemplo. 

Conhecer quais são os gatilhos para as suas principais emoções, como raiva, nervosismo e ansiedade, por exemplo, permitirá que você se prepare e lide melhor com elas, evitando, assim, agir de modo intempestivo.

8 - Procure ajuda profissional

Além das nossas dicas, é sempre importante buscar ajuda profissional caso as emoções estejam tomando conta de você e o exercício do autocontrole seja desafiador demais. 

Os psicólogos, por exemplo, são profissionais extremamente capacitados para ajudar nesses casos.

Fazer terapia regularmente é uma ótima forma de compreender melhor seus gatilhos e identificar formas de controlar melhor suas emoções. 

3 livros sobre autocontrole emocional

Se você se interessou pela temática do autocontrole e quer se aprofundar mais no assunto, confira essas três indicações de leitura:

Sinopse: Estamos passando por uma das maiores crises da humanidade: graças à pandemia do coronavírus, ou COVID-19, nos encontramos em casa, sozinhos ou com nossos cônjuges, ex-parceiros, filhos ou pais. A cada dia, lemos notícias que aumentam a ansiedade e humor depressivo! Como lidar com os conflitos e as emoções que florescem em um momento tão ímpar da nossa história social e emocional?

Com o objetivo de ajudar os milhares de brasileiros em quarentena, o pesquisador, médico e palestrante internacional Augusto Cury, traz um pequeno livro com técnicas de Gestão das Emoções e ferramentas notáveis que podem auxiliá-lo a se adaptar, se reinventar e se adaptar ao novo mundo que está por vir após a inenarrável epidemia.

Sinopse: Publicado pela primeira vez em 1995, nos Estados Unidos, este livro transformou a maneira de pensar a inteligência. Alterou práticas de educação e mudou o mundo dos negócios. Das fronteiras da psicologia e da neurociência, Daniel Goleman trouxe o conceito de "duas mentes" a racional e a emocional  e explicou como, juntas, elas moldam nosso destino. 

Segundo Goleman, a consciência das emoções é fator essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo. Partindo de casos cotidianos, o autor mostra como a incapacidade de lidar com as próprias emoções pode minar a experiência escolar, acabar com carreiras promissoras e destruir vidas. 

Sinopse: Manual prático e didático que apresenta metodologia criada pelo autor, voltada para aprimorar os relacionamentos interpessoais e diminuir a violência no mundo. Aplicável em centenas de situações que exigem clareza na comunicação: em fábricas, escolas, comunidades carentes e até em graves conflitos políticos.

livros-sobre-autocontrole - homem feliz de blusao vermelho em frente a muro azul

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre autocontrole, explicando o que é, como desenvolver e a importância dessa habilidade. 

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de conferir outros textos do EAD Univali:

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Baixe agora o manual:

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT