Tag: EAD

O mundo mudou nos últimos 10 anos e suas demandas também. Acompanhar o comportamento do mercado e entender suas oportunidades é um exercício feito por quem está atento. Você sabe quais são as profissões do futuro? A área de Ciência de Dados aparece nesta lista há tempos e hoje, o profissional com esta especialização, ganha bem e atende uma demanda em plena expansão.  

Após a formação, o profissional consegue extrair conhecimentos úteis a partir de dados. Essas informações e análises valem ouro para organizações públicas e privadas, o que faz com que a demanda por este profissional no mercado de trabalho aumente a cada dia.

Continue a leitura e conheça mais sobre a especialização em Ciência de Dados.

cientista de dados 2

O que é a Ciência de Dados? 

Na segunda guerra mundial, o matemático húngaro Abraham Wald recebeu o desafio de blindar os aviões de combate ingleses e colocá-los no ar. O material usado na época para blindagem era muito pesado, o que impossibilitava a decolagem dos aviões. A solução então foi proteger apenas as partes atacadas das aeronaves. 

Para descobrir quais partes deveriam ser blindadas, os militares e um grupo de pesquisa em estatística, no qual Wald fazia parte, analisaram os aviões que voltavam de combate, mapeando as partes com marcas de tiros, assim, identificaram os pontos fracos que deveriam ser protegidos com a blindagem. Porém, a capacidade analítica do matemático húngaro foi além. 

Wald identificou que os tiros nas asas e laterais, eram marcas presentes nos aviões sobreviventes. O fato dessas partes terem marcas de tiros não comprovam se eram as partes mais atrativas ao ataque, já que os aviões atingidos nos motores e sistema de abastecimento jamais voltaram para ser analisados. 

Abraham Wald analisou, então, as áreas que não foram atingidas e resolveu blindá-las, já que os aviões que levavam tiros nesses locais nunca voltavam. 

Portanto, o matemático da Segunda Guerra estava utilizando a Ciência de Dados para melhorar as estratégias de guerra. 

O profissional com formação em Ciência de Dados ou Data Science, usa os dados para descobrir muito mais do que eles mostram. E com o volume de dados gerado hoje em dia, é possível criar modelos para prever situações futuras.  

Qual a importância e para que serve a Data Science?

A Data Science, ou Ciência de Dados, como também é conhecida. É uma solução técnica para análise de dados, o que possibilita tomar decisões fundamentadas, planejar ações de mercado, e se preciso, desenvolver produtos e serviços para seus clientes. 

Por que um Cientista de Dados é tão importante para as empresas?

O Cientista de Dados, consegue prever tendências e comportamentos de mercado, isso possibilita o desenvolvimento da melhor estratégia para a organização. 

O profissional especializado em ciência de dados, seja por meio de graduação ou pós-graduação, é muito procurado por gestores e demais responsáveis pela performance das organizações, devido sua capacidade analítica de identificar oportunidades no mercado, falhas operacionais e riscos de operação. 

Ele é capaz de interpretar e fazer com que os dados se comuniquem entre si, fazendo com que múltiplas informações possam tornar produtos lucrativos para uma empresa. 

O cientista de dados trabalha com big data, deve conhecer as técnicas de inteligência de negócios e inteligência artificial, ter conhecimento em programação, estatística e análise de texto. 

O que faz um cientista de dados?

Um profissional com formação em Ciência de Dados é habilitado e sabe utilizar de teorias e técnicas multidisciplinares para analisar dados estruturados e não estruturados gerados por negócios, processos e pelo consumidor final. 

Agora, considere que toda atividade econômica gera dados e eles podem trazer a solução para gargalos, comportamento do público, além de apontar caminhos de sucesso e mostrar novas possibilidades de mercado. 

Na mão de um profissional especializado em Ciência de Dados, é possível processar, ler, analisar esses dados e extrair informações que podem ser primordiais para a sobrevivência das empresas. 

Onde um cientista de dados pode trabalhar?

Não tem mistério: as empresas que não acompanham as tendências de mercado e os adventos tecnológicos, vão a falência. A necessidade em manter a prosperidade dos negócios faz com que o profissional em Ciência de Dados, seja uma peça essencial no ambiente organizacional. 

Após a conclusão da graduação em Ciência de Dados, as vagas de trabalho podem ser encontradas em multinacionais, organizações tradicionais, startups, no setor de tecnologia e negócios de qualquer segmento.

Vale ressaltar que a área de tecnologia possibilita o que o profissional trabalhe em Home Office, formato de trabalho que tem se tornado cada vez mais popular, em que local e horários são flexíveis. Ou seja, você pode morar em uma cidade do interior do Brasil e ser contratado de uma empresa no Canadá. 

Qual é o salário de um cientista de dados?

Que as profissões relacionadas a área da tecnologia estão em alta, você já sabe. Porém, atualmente existe uma carreira específica entre elas que vem se consolidando no mercado de trabalho: o cientista de dados. 

O salário médio do profissional com formação em Ciência de Dados, segundo o portal de Salários e vagas é de R$ 6.751,77, podendo chegar a  R$ 12.000,00, de acordo com vagas encontradas a nível sênior aqui no Brasil. Os valores variam conforme porte da empresa, cargo e experiência do cientista de dados. 

O que é preciso para ser um cientista de dados?

Agora que já sabemos a necessidade do profissional no mercado de trabalho, sua importância nas organizações e a média salarial nacional. Chegou a hora de saber quais são os conhecimentos técnicos mais requisitados para o profissional com formação em Ciência de Dados.

Capacidade analítica

Para solucionar os problemas inerentes da função, é preciso entender como estruturar essas informações para aplicar métodos lógicos. Um olhar analítico permite a leitura dos dados com mais precisão e racionalidade. 

Conhecimento de negócios

Do que adianta decifrar os dados e ter a informação, se depois você não sabe como usá-la de forma mais estratégica? 

Os melhores profissionais com formação em Ciência de Dados, entendem com maestria as particularidades da organização ou indústria que trabalham. Isso garante que as informações sejam usadas com segurança e assertividade. 

Programação

Aprender sobre programação é fundamental para quem pretende seguir carreira na área de Ciência de Dados. Essa competência permite que você absorva e implemente conceitos de forma mais rápida. 

cientista de dados

Análise e Visualização de dados

No ambiente corporativo, o analista de dados foca em averiguar grandes grupos de dados, para então transformar esses números em ação. 

E para que os demais membros da equipe, gestores ou clientes em questão entendam o que foi feito, é preciso organizar essas informações de forma visual, de modo que o conteúdo fique acessível a todos os envolvidos na apresentação e projeto. 

Machine Learning

Você assiste um filme de ação na Netflix e a plataforma passa a te recomendar títulos semelhantes, ou ainda, pesquisa por clássicos do rock nacional dos anos 80 no Youtube e a rede social te leva para um caminho de músicas relacionadas a sua pesquisa. 

Isso é Machine Learning, quando uma série de algoritmos faz predições com base nas informações entregues. Nos negócios, essa prática ajuda a tomar decisões antecipando resultados e o cientista de dados sabe como coletar essas informações, organizá-las e utilizá-las. 

O curso de ciências de Dados

O curso de graduação em Ciências de Dados é considerado uma profissão do futuro. O primeiro curso de ensino superior da área surgiu apenas em 2018. Até então, o mercado contratava profissionais das áreas da engenharia, física e computação. 

Para desenvolver um profissional específico para a área, algumas universidades brasileiras criaram o próprio curso de Ciência de Dados e pode ser a sua escolha se quer trabalhar especificamente com isso. 

Para quem é indicado

O curso de graduação em Ciências de Dados, é indicado para perfis de pessoas analíticas e focadas. Por ser uma carreira em alta, é a opção ideal para você que procura a primeira graduação e também para os profissionais que já possuem formação superior, mas pretende mudar os rumos da carreira ou atualizar conhecimentos através da segunda graduação. 

Nesse contexto, as áreas correlacionadas à Ciência de Dados são as áreas de negócios, engenharias, tecnologia, estatística, programação e matemática. 

Duração

O curso de graduação em Ciência de Dados pode ser oferecido na modalidade bacharelado, tem duração de 4 anos e a grade curricular contempla um estudo mais generalista sobre a área. 

Já no tecnólogo, o aluno se forma em 2 anos e para que isso aconteça, a grade curricular é adaptada com conteúdos específicos e muita prática. Esse formato de ensino possibilita uma formação rápida, e consequentemente, aumenta suas chances no mercado de trabalho. 

Ciências de Dados: O Mercado de Trabalho

Imagine ser o profissional capaz de extrair conhecimentos úteis e informações valiosas a partir de dados, visão analítica e demais ferramentas computacionais e de estatísticas? Agora considere a grande procura por quem presta esses serviços e os altos salários. Essa é a realidade de um cientista de dados.

A empresa que investe no cientista no dados tem grandes chances de estar a frente da concorrência, já as organizações quem não solicitam os serviços de um profissional qualificado, são engolidas pelo mercado. 

O cientista de dados, está entre as 3 primeiras colocações no ranking internacional que avalia as melhores carreiras para se trabalhar. Por ser peça chave dentro de qualquer organização pública e privada, a demanda por serviços deste profissional aumenta a cada dia. 

ciencia de dados

Onde estudar Ciências de Dados?

Cursos de graduação e pós-graduação em Ciência de Dados são oferecidos em diversas universidades pelo país. Atualmente é possível encontrar o curso na modalidade a distância, onde o estudante tem a liberdade de montar seu cronograma de estudos e assistir as aulas quando e onde quiser. 

Antes de concluir a matrícula, pesquise se a universidade é reconhecida pelo MEC, é esse credenciamento que vai garantir a validade de seu diploma. Essa consulta é gratuita e pode ser feita online. 

Outra dica é optar por instituições de tradição no mercado. A Univali, por exemplo, está a 55 anos formando profissionais de qualidade em todo o Brasil. 

Agora que você já sabe que o curso de graduação em Ciência de Dados é uma das profissões do futuro, com altos salários e mercado de trabalho em plena expansão, já pode considerar seguir carreira na área e começar sua especialização. 

As organizações públicas e privadas de todos os segmentos, precisam de profissionais qualificados para atender a crescente demanda na área. E as universidade brasileiras estão prontas para oferecer o curso. 

A Univali oferece a especialização em Ciência de Dados EAD, agora, só falta você dar o primeiro passo rumo a uma carreira promissora. 

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Baixe agora o manual:

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT