O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é uma importante prova para aqueles que buscam obter os certificados do Ensino Fundamental e Médio.

Falando do Encceja Ensino Médio especificamente, uma dúvida muito comum entre os estudantes é quanto ao funcionamento da redação.

Afinal, além das quatro provas objetivas, os estudantes devem produzir um texto no gênero dissertativo-argumentativo no dia do exame.

Você sabe como fazer uma redação para o Encceja Ensino Médio? Ou quais são as principais competências e como funciona o formato dissertativo-argumentativo?

Neste artigo, esclarecemos essa e outras dúvidas sobre a redação do Encceja Ensino Médio. Fique conosco e descubra como se sair bem nessa parte do exame!

Aqui você vai conferir:
Como é a redação do Encceja Ensino Médio?
As 5 competências da redação do Encceja Ensino Médio
O formato do texto dissertativo-argumentativo
Exemplo de redação nota 10 do Encceja Ensino Médio

Descubra os segredos para tirar nota 1000 na redação do ENEM!

Como é a redação do Encceja Ensino Médio?

Na Cartilha do Participante, os estudantes encontram todas as informações sobre a redação do Encceja Ensino Médio.

De acordo com o documento, o texto deve seguir o gênero textual dissertativo-argumentativo — modelo em que os candidatos devem defender um ponto de vista por meio de argumentos.

Além disso, a redação do Encceja Ensino Médio também apresenta algumas regras, sendo elas:

  • Ter, no mínimo, 5 linhas escritas;
  • Ser escrito em língua portuguesa;
  • Apresentar letra legível;
  • Abordar o tema proposto;
  • Ser dissertativo-argumentativo.

Outro ponto importante para se atentar são as situações que podem zerar a redação. Segundo a Cartilha do Participante, o candidato não deve:

  • Copiar textos motivadores da proposta de redação ou das questões da prova;
  • Escrever um texto que não seja dissertativo-argumentativo ou não aborde o tema proposto;
  • Escrever menos de cinco linhas;
  • Escrever em outro idioma sem ser língua portuguesa;
  • Escrever apenas na folha de rascunho;
  • Escrever ofensas ou palavrões;
  • Fugir do tema e ou do atendimento à tipologia textual;
  • Desenhar, fazer cálculos, escrever bilhetes ou textos sobre um assunto diferente.

Todas as situações acima podem levar à anulação da redação, então fique atento.

>>> Leia também: 13 falsos sinônimos para tomar cuidado na redação do Enem

As 5 competências da redação do Encceja Ensino Médio

Além das regras que apresentamos acima, é interessante que você também conheça as competências avaliadas na redação do Encceja Ensino Médio. Confira:

  • Competência 1: demonstrar domínio da norma-padrão da língua portuguesa escrita;
  • Competência 2: elaborar um texto dissertativo-argumentativo dentro do tema proposto, aplicando conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolvê-lo;
  • Competência 3: selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Competência 4: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Competência 5: elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

>>> Leia também: 5 possíveis temas de redação do Enem 2022

O formato do texto dissertativo-argumentativo

Como fazer uma redação para o Encceja Ensino Médio - mulher segurando caneta e escrevendo em papel

Dissertativo-argumentativo é um tipo textual que se caracteriza pela defesa de uma ideia por meio de argumentos e explicações fundamentadas.

Esse tipo de texto tem como objetivo central convencer o leitor de determinado posicionamento. Para isso, ele segue uma estrutura formada por introdução, desenvolvimento e conclusão.

Confira a seguir como organizar cada uma dessas partes do texto:

Introdução

Na introdução, o candidato deve contextualizar a temática abordada no texto e apresentar de forma breve seu posicionamento em relação ao assunto. Para isso, você pode usar os seguintes recursos:

  • Trazer um dado histórico;
  • Apresentar um dado estatístico;
  • Fazer uma comparação — pode ser entre épocas ou países, por exemplo;
  • Citar uma frase impactante (e relacionada com o tema);
  • Colocar a definição de um conceito chave.

A introdução costuma ter um parágrafo, formado por 5 a 7 linhas.

Desenvolvimento

Depois da introdução, é hora de desenvolver seu ponto de vista sobre o tema por meio da argumentação.

Pense em argumentos válidos para defender a sua tese e pense em como você pode embasar sua teoria, ou seja, o repertório utilizado para defender seu ponto de vista — fatos históricos, estatísticas, citações, dentre outros.

Nessa hora, é essencial que você levante seu repertório sociocultural para construir uma boa linha argumentativa. Lembre-se de seguir uma linha de raciocínio coesa e objetiva nessa parte.

Essa parte do texto costuma ser formada por dois parágrafos, com 5 a 7 linhas cada um.

>>> Leia também: Redação Nota 1000 Enem: exemplos, dicas e como fazer

Conclusão

Para finalizar o texto, você deve propor intervenções que contribuam para a melhoria da problemática levantada.

As soluções ou medidas devem ser detalhadas nessa parte, apresentando:

  • Agente (quem realizará a ação);
  • Ação (o que será realizado);
  • Meio (como será realizado);
  • Objetivo (para que será realizado).

Agora, vamos ver na prática como essas três partes se apresentam na redação? Confira no tópico a seguir um exemplo de redação nota 10.

Exemplo de redação nota 10 do Encceja Ensino Médio

Abaixo, trazemos um exemplo de redação nota 10 do Encceja Ensino Médio.

É interessante observar como foram estruturados introdução, desenvolvimento e conclusão, assim como os argumentos utilizados para defender o posicionamento.

Confira:

O mundo é virtual, mas o tempo é real

A série Black Mirror, em um de seus episódios, apresenta uma sociedade
na qual as pessoas são vistas somente através de seus perfis nas redes sociais, assim elas dedicam todo seu tempo para aperfeiçoar, cada vez mais, o seu desempenho virtual. Atualmente, no Brasil, a realidade não é tão diferente da mostrada na série. Os brasileiros estão gastando muito do tempo disponível navegando pelas redes sociais. Essa prática excessiva atrapalha a relação do indivíduo com o mundo real e pode lhe trazer problemas de saúde.

Nos dias de hoje, muitos estudantes passam horas conectados, esquecendo
de qualquer outra forma de diversão e prejudicando seu desempenho acadêmico. Entretanto, não são somente os jovens que são reféns do mundo virtual, muitos adultos dedicam tanto seu tempo para as redes sociais que esquecem de dar atenção aos seus filhos, e no âmbito profissional diminuem seu rendimento. Portanto, a compulsão pelas redes sociais afeta a concentração e as relações sociais dos indivíduos.

Além disso, a saúde dos usuários também pode ser comprometida, pois o contato direto com este universo virtual, onde todos são felizes, tudo é perfeito e padrões estéticos são constantemente reforçados, pode desencadear, principalmente nos jovens, baixa autoestima, insegurança, ansiedade e até problemas mais sérios como depressão, anorexia e bulimia.

Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. O Ministério da Educação e Cultura, em parceria com as escolas, deve realizar campanhas e palestras que alertem sobre o perigo do uso excessivo do tempo em redes sociais. Também é de responsabilidade do governo proporcionar ambientes de lazer ao alcance de todos, visando incentivar outras formas melhores e mais saudáveis de aproveitar o tempo. Por fim, os pais devem colocar limites aos seus filhos quanto ao tempo em que eles podem utilizar as redes sociais.

E aí, conseguiu entender como fazer a redação do Encceja Ensino Médio?

Sabia que os aprovados no ENCCEJA têm benefícios exclusivos no EAD Univali? Você pode fazer sua graduação EAD sem precisar fazer vestibular e ainda ganhar bolsas de estudos de 10% a 100% de desconto no primeiro semestre — dependendo do seu desempenho no exame.

Confira aqui o edital e comece a traçar seu caminho em direção ao ensino superior!

Use sua nota do Enem e ganhe bolsa na sua graduação EAD!

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT