Tag: EAD

Você gosta de decoração, arquitetura e design, e está em busca de uma profissão que contemple essas três áreas, e seja bem valorizada no mercado de trabalho?

Então, saiba que são grandes as chances de você se apaixonar pela profissão de designer de interiores.

Neste texto, vamos explicar detalhes sobre quanto ganha, onde atua e qual curso é necessário fazer para trabalhar nessa área.

design interiores

O que é um designer de interiores?

O profissional que atua como designer de interiores é aquele que busca soluções práticas, harmoniosas e funcionais para os ambientes, tanto doméstico quanto num espaço destinado ao trabalho, como escritórios, por exemplo.

O designer de interiores reúne uma série de características de diferentes profissões, desde bom gosto de decoradores, o conhecimento de engenheiros e arquitetos, além do olhar artístico e técnico do designer.

Entre as características que esse profissional reúne, estão o gosto e aptidão para desenhar, habilidade para decorar ambientes, organização, raciocínio lógico, facilidade e rapidez com cálculos, além de conhecimento em arquitetura, paisagismo e iluminação.

É a soma de todas essas características que faz do designer de interiores um profissional que consegue resolver situações de otimização e embelezamento dos espaços. É ele que estabelece a melhor relação estética x funcionalidade.

Vamos combinar que trabalhar e morar em um ambiente harmonioso influencia até em nossa qualidade de vida, autoestima e produtividade, não é mesmo?

Diferença entre designer de interiores e design de interiores?

Existe uma pequena confusão entre os conceitos de design de interiores e designer de interiores.

Na verdade, o design é a concepção de um produto, projeto ou ambiente. É a criação de um conjunto de soluções para um determinado espaço.

O designer é quem pensa o design, faz o projeto e cria maneiras de executá-lo.

O que é necessário para ser designer de interiores?

Existe uma pequena confusão entre os conceitos de design de interiores e designer de interiores.

Na verdade, o design é a concepção de um produto, projeto ou ambiente. É a criação de um conjunto de soluções para um determinado espaço.

O designer é quem pensa o design, faz o projeto e cria maneiras de executá-lo.

O que é necessário para ser designer de interiores?

A profissão de designer de interiores é relativamente nova no Brasil, e passou a se popularizar a partir da década de 1980. Antes, os profissionais eram chamados apenas de decoradores.

A profissão foi regulamentada recentemente, em 2016, com a aprovação da lei n° 13.369. assegura o exercício da profissão a portadores de diploma de curso superior na área de Design de Interiores, permitindo que, desde então os profissionais possam assinar pelos projetos que criam.

Este reconhecimento acentuou o crescimento de cursos superiores de Design de Interiores.

Ao longo da graduação, o estudante de Design de Interiores EAD estuda os seguintes conteúdos:

1º semestre

  • Desenho Técnico e Perspectiva
  • Estética e Expressão.
  • Ergonomia e Materiais
  • Cultura, Meio Ambiente e Ética.

2º semestre

  • Composição de Interiores
  • Desenho Projetivo.
  • Computação Gráfica
  • Detalhes Construtivos.

3º semestre

  • Iluminação e Conforto Ambiental
  • Modelagem Digital.
  • Pesquisa e Conhecimento
  • Modelagem 3D.

4º semestre

  • Gerenciamento do Trabalho e da Obra
  • Composição de Jardins.
  • Tendências em Materiais e Revestimentos para Interiores.
    design interiores 3

Como são as aulas EAD?

Assim que o estudante for aprovado no seletivo, ele recebe um login e senha que o permitem acessar o ambiente virtual de aprendizagem, o AVA.

É neste espaço virtual que estão disponíveis os materiais – trechos de livros, infográficos, videoaulas, exercícios e todo o material necessário para o estudo.

As aulas são feitas 100% on-line, e as provas acontecem de forma presencial, no polo escolhido pelo estudante no momento em que faz a matrícula.

A vantagem do EAD é a possibilidade de assistir às aulas quando e onde o estudante quiser, uma vez que os materiais ficam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana. Para acessá-los, basta ter um computador, tablet ou smartphone conectado à internet.

Será que vou me adaptar às aulas a distância?

Antes de se matricular num curso EAD, é importante o estudante entender que o processo de aprendizado depende muito de si, da organização, do foco e da dedicação.

Os materiais disponibilizados para o estudo são de alto nível, seguindo a tradição de ensino de qualidade pela qual a Univali é reconhecida.

A dica é se organizar e levar a sério os estudos, sem fazer distinção se aulas são presenciais ou a distância.

Lembre-se que o diploma do EAD é o mesmo do presencial, portanto, a dedicação e nível de envolvimento também precisam ser iguais.

Escolha um ambiente arejado e silencioso, sem distrações, como televisão, por exemplo, e faça dali o seu espaço de estudos.

Defina uma agenda de horários dedicados às aulas e tente cumpri-la da forma mais rigorosa possível. Isso o ajudará a ter uma rotina de estudos, melhorando no aprendizado.

Quanto ganha um designer de interiores?

De acordo com o site Salário, a média salarial para designer de interiores em uma capital como Florianópolis é R$ 3.047,18, mas os salários podem ultrapassar os 5 mil reais mensais, dependendo da experiência do profissional.

Já o portal Catho, reconhecido como referência para consulta de salários, aponta que a média da remuneração para designer de interiores no Brasil é de R$1728,04.

Estas são algumas estimativas que ajudam a balizar o estudante de como é a questão salarial.

O valor do que é pago depende muito do tamanho do projeto no qual o profissional está envolvido, além da experiência dele.

Onde pode atuar um designer de interiores?

O designer de interiores tem um mercado flexível e cheio de oportunidades, com diversas áreas de atuação, tais quais:

Desenho de móveis

Nesta função, o designer é responsável por projetar os móveis e criar peças personalizadas e funcionais, que atendam às necessidades e do cliente e do ambiente.

Decoração e paisagismo

Aqui, o profissional pode não ser o responsável pelo projeto dos móveis, mas ele tem de cuidar da disposição deles nos ambientes, e também dos acessórios, de forma que fiquem hormônicos e resultem num espaço melhor e otimizado.

Nos espaços externos, o designer é responsável por projetar, organizar e embelezar os espaços com plantas e jardins. 

Gerenciamento de projetos

Dentre suas atribuições, o designer de interiores também pode fazer a gestão dos projetos. 

Isso inclui o levantamento de custos e contratação de mão de obra, acompanhamento da compra de móveis e objetos.

Projeto

Também está nas atribuições de um designer de interiores a elaboração de plantas e maquetes.

design interiores 2

Como ingressar no curso de Design de Interiores EAD?

Se você chegou até aqui e está, de fato, interessado em fazer a graduação de Design de Interiores EAD na Univali, confira nossas formas de ingresso:

- Seletivo Univali: o candidato pode se inscrever em qualquer curso EAD usando o certificado de conclusão de Ensino Médio;

- Ingresso via ENEM: neste caso, o candidato que apresentar o melhor desempenho na prova do Exame Nacional do Ensino Médio pode ganhar uma bolsa de até 100% no semestre.

- Uso do diploma de ensino superior: quem já tiver concluído um curso superior e quer fazer a segunda graduação, pode entrar no EAD da Univali, obtendo desconto de até 40% nas mensalidades.

- Transferência: caso o estudante esteja fazendo uma graduação em outra instituição de ensino e queira concluir o curso no EAD da Univali, é possível fazer a transferência com desconto de 40% nas mensalidades, em todo o curso.

- Ex-aluno Univali: em casos nos quais o já possui um diploma de graduação da Univali, e quer ingressar em um dos cursos EAD, é possível fazer a matrícula com desconto de 30% no valor das mensalidade ao longo de todo o curso.

- Uso da nota do ENCCEJA: estudantes que fizeram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) podem se inscrever nos cursos EAD da Univali, com possibilidades de obter bolsas com descontos de 10 a 100%, dependendo do desempenho na prova.

Conclusão

O mercado para quem quer atuar como designer de interiores é excelente, e está crescendo. A regulamentação da profissão, em 2016, ajudou a tornar a prática mais valorizada e formal.

Quem optar por esse caminho estará atuando diretamente no embelezamento dos espaços, na inspiração e felicidade de quem contrata um projeto.

O curso de Design de Interiores EAD permite que a pessoa estude nos horários que tem disponíveis dentro da sua rotina. Desta forma, é possível até que alguém apaixonado por design de interiores, mas que atua em outra área, possa fazer a graduação paralelamente aos seus compromissos de trabalho, construindo uma mudança de carreira para um futuro próximo.

Caso você ainda não sabe como fará para estudar, trabalhar e cuidar da vida pessoal, confira este artigo sobre como administrar o tempo, usando ferramentas simples.

 

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Baixe agora o manual:

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT