Tag: Cursos

A engenharia de produção é considerada uma das profissões mais versáteis da engenharia.   

Os profissionais da área têm portas abertas em quase todos os setores do mercado, como em companhias públicas, no agronegócio, nas indústrias têxtil e de automóveis, em bancos e nas mais diferentes empresas.   

Como você também já deve saber, é preciso escolher um curso reconhecido para ir além na carreira.   

Por ser uma profissão relativamente nova, muitas vezes, o engenheiro de produção acaba competindo com outros profissionais da engenharia. Daí a importância de uma graduação de qualidade para ser bem percebido pelos recrutadores.  

networking durante a faculdade e a proximidade com a prática são essenciais. Por isso, o bacharelado em Engenharia de Produção EAD / Semipresencial da Univali conecta você com o mercado de trabalho desde o início do curso.  

engenharia-de-producao-ead- homem e mulher de capacetes amarelos conversam em fábrica

Vá até o final do texto para conferir a lista que preparamos com as principais informações sobre o curso e sobre a profissão

O que é engenharia de produção?  
O mercado de trabalho da engenharia de produção  
O que faz um engenheiro de produção?  
Áreas de atuação do engenheiro de produção  
Principais softwares de engenharia de produção  
Quanto ganha um engenheiro de produção  
O perfil do engenheiro de produção  
Engenharia de produção EAD: o que estuda na graduação
Grade Curricular
Duração da graduação de Engenharia de Produção EAD  
Principais dúvidas sobre o curso de engenharia de produção EAD  
Tem estágio obrigatório?  
Posso ir à sede física da universidade?
Posso conseguir uma bolsa de estudos?  
Quais são as formas de ingresso na Graduação EAD da Univali? 

O que é engenharia de produção 

Engenharia de Produção é o ramo da engenharia que estuda e realiza a gestão e a implementação dos sistemas e etapas que compõem uma linha de produção.  

Nesse sentido, a engenharia de produção não é responsável pelo desenvolvimento dos produtos ou serviços, mas pelo processo que envolve a sua produção dentro de uma empresa. Seu foco está na produtividade e no rendimento da produção. 

As atividades são variadas, passando pela otimização de processos, planejamento de produção, gestão de recursos, estratégias de redução de gastos e planejamento sustentável, por exemplo.  

O mercado de trabalho da engenharia de produção 

O profissional engenheiro de produção é requisitado em diversos setores, em especial nas empresas de grande e médio porte, das áreas da indústria, do comércio e de serviços.  

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO), os principais setores que empregam engenheiros de produção são: 

  • Indústrias de automóveis, de eletrodomésticos, de equipamentos, entre outras. 
  • Empresas de serviços, tais como: transporte aéreo, transporte marítimo, construção, consultoria em qualidade, hospitais, entre outros. 
  • Instituições e empresas públicas, tais como: Correios, Petrobras, Agência Nacional de Energia, Agência Nacional de Petróleo, BNDES, entre outras. 
  • Empresas privadas de petróleo, usinas de açúcar, empresas de telefonia, agroindústrias, indústrias de alimentos, bancos (parte operacional), seguradoras e fundos de pensão. 
  • Bancos de investimento (na análise de investimentos).  
Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que faz um engenheiro de produção 

A depender do setor no qual o profissional for alocado dentro de uma empresa, o bacharel em Engenharia de Produção estará apto a desempenhar as seguintes atividades: 

Engenharia de Operações e Processos da Produção: projetar, operar e aplicar melhorias nos sistemas de fabricação/produção da empresa.  

Logística: fazer a gestão eficiente do transporte, da movimentação, do estoque e do armazenamento de insumos e produtos, visando reduzir custos, garantir a disponibilidade do produto, assim como atender os níveis de exigência dos clientes. 

Pesquisa Operacional: resolver problemas reais por meio de modelos matemáticos geralmente processados por computadores. Consiste na aplicação de métodos científicos como lógica matemática, simulação, análise de redes, teoria de filas e teoria dos jogos. 

Engenharia da Qualidade: planejar, projetar e controlar os sistemas de gestão da qualidade do produto ou do serviço desenvolvido pela empresa. 

Engenharia do Produto: operar ferramentas e processos de projeto, planejamento, organização, decisão e execução envolvidos nas atividades de desenvolvimento de novos produtos. 

Engenharia Econômica: analisar resultados econômicos, avaliar cenários e alternativas e tomar decisões que impactam o negócio.  

Engenharia do Trabalho: fazer a gestão dos sistemas e ambientes de trabalho, com foco em torná-los compatíveis com as necessidades e habilidades dos colaboradores, visando a melhor qualidade e produtividade, bem como a preservação da saúde física das equipes. 

Atribuições da área: 

  • Projeto e Organização do Trabalho 
  • Ergonomia 
  • Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho 
  • Gestão de Riscos de Acidentes do Trabalho 

Engenharia da Sustentabilidade: nessa área, o engenheiro de produção garante a utilização ecoeficiente dos recursos naturais nos diversos sistemas produtivos da empresa.  

É sua responsabilidade dar a destino e o tratamento adequados aos resíduos e efluentes da produção, bem como implantar um sistema de gestão ambiental e de responsabilidade social dentro do negócio.  

Educação em Engenharia de Produção: o engenheiro de produção também pode atuar como docente na educação superior em engenharia (graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão) e suas áreas afins. 

Áreas de atuação do engenheiro de produção  

Área de design de produto: projetação, planejamento e detalhamento do sistema de montagem e fabricação.   

Área de operações: distribuição dos produtos, controle de suprimentos. 

Área de planejamento: planejamento estratégico de produção. 

Área financeira: controle financeiro, controle dos custos, análise de investimentos. 

Área de logística: planejamento da produção e da distribuição de produtos. 

Área de marketing: planejamento do produto, análise de mercados a serem atendidos, análise de performance.  

Principais softwares de engenharia de produção 

Na Engenharia de Produção, os softwares mais utilizados são voltados para auxiliar na projetação e no desenvolvimento de produtos, bem como para o planejamento de linhas de produção ou de processos específicos. 

Excel: ferramenta que possibilita a criação de tabelas e até planilhas automatizadas para procedimentos complexos. É visto com destaque nas áreas de Planejamento, Programação e Controle da produção, Gestão da qualidade e Pesquisa Operacional. 

Lingo: software de modelagem e resolução de problemas lineares e não-lineares para potencializar técnicas de otimização, resolução de problemas e análise de soluções. 

SolidWorks: software utilizado para projetação de produtos. Recursos: simulação de resistência, durabilidade, entre outras características. 

ARENA: ambiente gráfico para modelagem de processos, animação, análise estatística e análise de resultados. Pode ser utilizado como simulador, principalmente para área de manufatura. 

Minitab: software focado em análises estatísticas mais complexas, mas com interface de fácil visualização. Recursos: controle de qualidade, planejamento de experimentos, análise de confiabilidade e estatística em geral. 

Saiba mais sobre esses e outros softwares utilizados pelos profissionais da área. 

engenharia-de-producao-ead - mulher diante de computador cercado por equipamentos eletrônicos

Quanto ganha um engenheiro de produção 

Nível Júnior: R$ 3.530 – R$ 5.966 

Nível Pleno: R$ 4.412 – R$ 7.457 

Nível Sênior: R$ 5.516 – R$ 9.322  

O perfil do engenheiro de produção 

O engenheiro de produção possui um perfil técnico e analítico, voltado aos conhecimentos das ciências exatas.  

É desejável ter habilidade com números e bom raciocínio lógico. 

engenharia-de-producao-ead - mulher escreve fórmula matemática em uma lousa branca

Engenharia de produção EAD: o que estuda na graduação 

O curso de graduação aborda, assim como os demais cursos de engenharia, as matérias de formação básica, que são Matemática, Física, Química e Computação. 

Após as disciplinas básicas, a grade curricular inclui matérias mais específicas, relacionadas à atuação do engenheiro de produção, tais como:  

  • Pesquisa Operacional; 
  • Planejamento e Controle da Produção; 
  • Logística; 
  • Gestão de Projetos; 
  • Planejamento Estratégico; 
  • Gestão da Qualidade; 
  • Engenharia da Sustentabilidade.  

Grade curricular do curso 

1º Semestre 

MÓDULO 1 

DI | Introdução à Engenharia de Produção | 80 HORAS 

DI | Desenho Técnico e Geometria Descritiva | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS  

 

MÓDULO 2 

DI | Química e Ciência dos Materiais | 80 HORAS 

DI | Algoritmos e Programação | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS  

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS  

 

2º Semestre 

MÓDULO 3 

DI | Cálculo I | 80 HORAS 

DI | Teoria da Decisão e Engenharia de Métodos | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 4 

DI | Física | 80 HORAS 

DI | Álgebra Linear e Geometria Analítica | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

3º Semestre 

MÓDULO 5 

DI |  Cálculo II | 80 HORAS 

DI | Estatística e Controle de Processos | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 6 

DI | Engenharia do Produto e Gestão de Manutenção | 80 HORAS 

DI | Modelagem de Sistemas | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS

  

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

4º Semestre 

MÓDULO 7 

DI | Pesquisa Operacional | 80 HORAS 

DI | Engenharia Econômica | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 8 

DI | Gestão da Qualidade | 80 HORAS 

DI | Avaliação de Desempenho | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

5º Semestre 

MÓDULO 9 

DI | Termodinâmica | 80 HORAS 

DI | Planejamento e Controle da Produção | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 10 

DI | Segurança e Saúde Ocupacional | 80 HORAS 

DI | Ergonomia | 80 HORAS  

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

6º Semestre 

MÓDULO 11 

DI | Gestão de Logística | 80 HORAS 

DI | Fenômeno de Transportes e Mecânica Geral | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 12 

DI | Meio Ambiente e Sustentabilidade | 80 HORAS 

DI | Gestão de Energia Sustentável | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

7º Semestre 

MÓDULO 13 

DI | Gestão de Projetos  | 80 HORAS 

DI | Gestão e Estratégias Organizacionais | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 14 

DI | Empreendedorismo | 80 HORAS 

DI | Gestão de Processos de Negócios | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

8º Semestre 

MÓDULO 15 

DI | Informática Industrial e Automação | 80 HORAS 

DI | Criatividade e Inovação | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

MÓDULO 16 

DI | Pesquisa, Conhecimento e Metodologia Científica | 80 HORAS 

DI | Gestão de Processos Industriais e Serviços | 80 HORAS 

PI | Projeto Integrador | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

9º Semestre 

MÓDULO 17 

DI | Planejamento de Fábrica | 80 HORAS 

DI | Gestão de Tecnologia em Sistemas Produtivos | 80 HORAS 

TCC | Trabalho de Conclusão de Curso | 40 HORAS 

 

MÓDULO 18 

DI | Modelagem de Sistemas e Simulação Discreta | 80 HORAS 

DI | Tópicos Avançados em Engenharia de Produção | 80 HORAS 

TCC | Trabalho de Conclusão de Curso | 40 HORAS 

 

 CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 400 HORAS 

 

10º Semestre 

MÓDULO 19 

Estágio Supervisionado | 90 HORAS 

TCC | Trabalho de Conclusão de Curso | 40 HORAS 

 

MÓDULO 20 

Estágio Supervisionado | 90 HORAS 

TCC | Trabalho de Conclusão de Curso | 40 HORAS 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO SEMESTRE: 260 HORAS 

👩‍🎓 Clique aqui para saber mais sobre o curso de Engenharia de Produção EAD/Semipresencial da Univali.  

Duração da graduação de Engenharia de Produção EAD  

O curso tem cerca de 5 anos de duração, com carga horária de 3.940 horas.  

Principais dúvidas sobre o curso de engenharia de produção EAD   

Tem estágio obrigatório?  

Sim. Ao final do curso, você terá duas cadeiras de estágio obrigatório.  

Para concluir a graduação, o estudante precisa comprovar no mínimo 180 horas de estágio em sua área de formação.  

Posso ir à sede física da universidade? 

Sim. O curso Engenharia de Produção EAD/Semipresencial da Univali conta com aulas presenciais uma vez na semana, aos sábados.  

Além de ter aulas com os mesmos professores dos cursos presenciais, os estudantes da Univali também contam com a infraestrutura completa da universidade presencial, com laboratórios e biblioteca à sua disposição. 

Os dias e horários das aulas podem mudar de acordo com o semestre.   

Posso conseguir uma bolsa de estudos? 

Sim. A Univali EAD oferece sete modalidades de bolsas de graduação. 

Conheça as modalidades: 

Seleção TOP 100 

A classificação é feita com base na análise do histórico escolar do 3º ano do Ensino Médio dos candidatos com os melhores desempenhos.  

São bolsas de estudo para o primeiro semestre com desconto de até 100%. 

Bolsa ENEM 

Basta se inscrever com a sua nota do ENEM e esperar a confirmação da vaga para se tornar um aluno.  

Bolsa desempenho conforme nota do ENEM durante o curso todo e não cumulativa.  

Bolsa 2ª Graduação 

Bolsa de 40% válida em todo o curso, caso você já tenha o diploma de nível superior. Não cumulativa. 

Nesta modalidade, não é preciso passar por processo seletivo, apenas inscrever-se com o certificado de conclusão do curso. É possível obter aproveitamento ou dispensa de disciplinas mediante análise do coordenador. 

Bolsa Transferência 

Bolsa de 40% válida em todo o curso, sem necessidade de fazer um novo vestibular. Não cumulativa. 

Aproveitamento ou dispensa de disciplina mediante análise do coordenador. 

Bolsa ENCCEJA 

Bolsas de 10% a 100% no primeiro semestre. 

Valor das bolsas mediante desempenho do candidato. Benefícios exclusivos apenas para candidatos aprovados no ENCCEJA.  

Ingresso sem vestibular ou outro processo seletivo 

Bolsa Ex-aluno Univali 

Bolsas com 30% de desconto em todo o curso. 

Vantagem exclusiva para ex-alunos Univali. Volte para a Univali sem burocracia.   

Aproveitamento ou dispensa de disciplina mediante análise do coordenador. 

Programa Uniedu 

Bolsas de até 100%. 

Para concorrer às bolsas do Programa Uniedu, você precisa estar regularmente matriculado em um curso de graduação da Univali e realizar seu cadastro no site do Uniedu. 

Para mais informações sobre datas de seleção e normas, consulte www.univali.br/uniedu e www.univali.br/editais.  

Inscreva-se agora e garanta sua bolsa! 

Quais são as formas de ingresso na Graduação EAD da Univali? 

  • Ingresso com diploma 
  • Ingresso Ex-aluno Univali 
  • Ingresso com nota do ENCCEJA 
  • Ingresso com nota do ENEM 
  • Ingresso por transferência para a Univali 
  • Ingresso pelo seletivo Univali EAD  

Saiba mais sobre as formas de ingresso! 

Vem para a Univali! 

Com mais de 55 anos de história, a Univali possui vários títulos como uma das melhores universidades não-públicas no Brasil e na América Latina.  

Estude em uma universidade reconhecida pela qualidade máxima em cursos EAD, todos certificados pelo MEC.  

Conheça o curso de Engenharia de Produção EAD/ Semipresencial e inscreva-se! 

Nova call to action

Inscreva-se no nosso Blog

Baixe agora o manual:

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT