O momento universitário pode proporcionar experiências enriquecedoras para os estudantes.

É possível participar de Iniciações Científicas, Empresas Juniores e Projetos de Extensão.

Este último faz uma ponte super importante entre universidade e sociedade, com atividades que exercitam os conhecimentos do curso e, de quebra, cooperam para a construção da cidadania. 

Saiba mais sobre extensão universitária a seguir! Você vai ver: 

O que é extensão universitária
A importância da extensão universitária para sua carreira
Onde fazer extensão universitária
Comece hoje a mudar o seu futuro 

Baixe agora um modelo de currículo de estágio!

O que é extensão universitária?

Uma frase muito falada para resumir a extensão universitária é: 

“A extensão universitária é uma forma de devolver para a sociedade o que se é aprendido e pesquisado dentro da instituição”.

E faz total sentido!

A extensão universitária é a ligação que se faz entre universidade e população, com foco em produzir conhecimentos por meio da formação dos estudantes e de suas habilidades. 

Outro ponto é que a extensão promove atividades que ajudam no enfrentamento de problemas e questões sociais, construindo caminhos e saberes. 

A ciência é protagonista nas extensões, sendo que sua experimentação pode ser nas ciências humanas, exatas ou biológicas. 

Pela sua valorização social, as práticas extensionistas prezam pelo respeito à diversidade cultural e valorizam os conhecimentos técnicos e também os espontâneos. 

Exemplos de cursos de extensão universitária 

A extensão universitária pode ser executada de diversas formas.

Cursos de formação, capacitação e qualificação abertos ao público, aulas diversas, projetos sociais e ambientais são exemplos de formas de desempenhar a extensão universitária.

O que importa é promover o conhecimento e a interação com a sociedade. Veja mais formatos: 

  • Cursos, palestras e conferências; 
  • Atividades de ensino a distância; 
  • Cursos de férias ou de verão; 
  • Colônia de férias; 
  • Viagens de estudo; 
  • Apresentações culturais (teatro, musicais e feiras);
  • Eventos esportivos;
  • Universidades volantes; e
  • Escolas e hospitais móveis. 

Um exemplo de curso de extensão existente é o Núcleo de Comunicação e Educação Popular (NCEP), que existe na Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba.

O projeto, realizado por alunos de Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas, foca em usar a comunicação como instrumento de mudança na sociedade. 

Um dos projetos já realizados pelo time foi de diagramar o jornal “A Laje”, feito por pessoas em situação de vulnerabilidade social. 

O grupo também já foi a escolas públicas dar aulas com conteúdo audiovisual, incentivando os estudantes a se expressarem através dos recursos tecnológicos disponíveis.

Também existe a Universidade Aberta à Pessoa Idosa (UNAPI), projeto de extensão  vinculado ao Departamento de Serviço Social da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). 

É um espaço de educação não formal que busca disponibilizar educação continuada para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, além de fazer uma ponte entre a Universidade e comunidade, melhorar a qualidade de vida dos idosos participantes, contribuir para as políticas públicas sobre o envelhecimento e outras finalidades. 

Mais um exemplo é o Museu Oceanográfico da Univali, fundado em 1987 e localizado em Balneário Piçarras, em Santa Catarina. O espaço é um dos principais acervos de história natural do Brasil, com exposições permanentes sobre a história da oceanografia e a biodiversidade da costa do país.

O museu oferece visitas guiadas para grupos e escolas, além de promover palestras e focadas em educação ambiental.

Museu Oceanográfico da Univali. Créditos: Divulgação/Univali.

Diferença entre cursos de extensão universitária e cursos livres 

Agora você nos pergunta: qual é a diferença entre os cursos de extensão e os cursos livres? 

Em primeiro lugar, os cursos de extensão universitária só podem ser oferecidos por instituições devidamente credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Os cursos livres, ao contrário, não têm regulamentação específica. 

Os cursos livres têm uma visão mais voltada ao mercado de trabalho, enquanto os de extensão são focados no âmbito social  e acadêmico, oferecendo certificados advindos de instituições de nível superior. 

A importância da extensão universitária para sua carreira 

Assim como os estágios e demais projetos, a extensão promove uma interação do estudante com a sociedade e permite que ele exercite os conhecimentos adquiridos em sala de aula. 

Independentemente da área (saúde, engenharia, administração, direito, educação, comunicação, psicologia, serviço social, entre muitas outras), é uma oportunidade de consolidar algumas skills e desenvolver outras.

Não deixa de ser uma ótima forma de adquirir experiência para a futura profissão. 

Um aspecto importante desenvolvido durante a extensão é a capacidade de conhecer e entender as reais necessidades sociais, sobretudo pela visão do curso de graduação do estudante. 

É uma maneira de ampliar horizontes e descobrir novas realidades, criando a devida empatia por elas e pensando em formas de melhorar os parâmetros da sociedade, sobretudo com a prestação de serviços e com o conhecimento acadêmico e profissional adquirido. 

Mesmo que não sejam obrigatórias, as atividades de extensão agregam muito ao currículo, valorizando os estudantes que as possuem na hora de passar por entrevistas de estágio ou, até mesmo, empregos após a formação. 

As empresas sabem a importância desses cursos na formação dos estudantes e os benefícios agregados, como: 

  • Saber trabalhar em grupo; 
  • Saber se colocar no lugar do outro; 
  • Ter uma visão ampliada da sociedade; 
  • Calma e criatividade para solucionar problemas; 
  • Competência e estratégia; 
  • Evolução e experiência profissional adquirida. 

Por conta disso, participar de um projeto de extensão na sua universidade pode te fazer sair na frente de outros candidatos na hora de tentar um processo seletivo. 

Vale a pena agregar essas atividades ao currículo!

Extensão universitária: como funciona, benefícios e onde fazer

Onde fazer extensão universitária 

Se interessou em fazer extensão? 

Uma dica é buscar informações no departamento de extensão universitária da instituição em que você estuda e conferir as opções disponíveis.

Conversar com os colegas e professores sobre os cursos de extensão disponíveis no departamento do seu curso também é uma saída. 

Se não houver algum curso disponível, aqui vai outra ideia: que tal propor um novo projeto para um professor com quem você tem afinidade? 

Com tudo elaborado, é preciso submeter o plano para aprovação. Periodicamente são abertos editais públicos exclusivos para apoio à extensão.

Se escolhido, o projeto pode entrar em prática. 

Cursos de extensão online 

Uma curiosidade é que os cursos de extensão também podem ser ofertados na modalidade de ensino a distância – EAD.

A praticidade se dá por conta de não haver deslocamento para as atividades e o estudante tem maior flexibilidade para lidar com o projeto. 

O curso de extensão EAD é desenvolvido em um ambiente virtual de aprendizagem, com disposição de conteúdo programático, atividades, discussões e planos complementares, aprofundando o conhecimento sem necessidade de encontros presenciais. 

Cursos de extensão pagos 

Além dos cursos gratuitos oferecidos nas instituições, há também opções pagas.

Os valores variam de acordo com a modalidade de ensino, área do conhecimento, instituição e duração. 

São oferecidos cursos pagos de forma online, mas é preciso ficar de olho se a instituição é credenciada pelo MEC. 

Um local com projetos de qualidade e confiança é o Senac, com cursos de extensão na modalidade EAD.

Oferecem oportunidade de aperfeiçoamento em diversas áreas do conhecimento, com durações variadas. 

É importante salientar que os cursos são pagos, mas há a possibilidade de parcelamento. 

Comece hoje a mudar o seu futuro 

Agora que você já entendeu os benefícios da extensão universitária, que tal entrar nesse mundo cheio de conhecimento e de trocas super especiais entre comunidade e academia? 

Você pode seguir as dicas que listamos acima, conversando no seu departamento universitário ou buscando cursos na internet. 

Mas guardamos mais uma opção valiosa para te apresentar: que tal procurar uma instituição de ensino de qualidade e que se preocupa com a formação dos estudantes? 

A Univali é considerada uma das melhores universidades do Brasil e a melhor instituição de ensino privada de Santa Catarina. 

A Univali valoriza e entende a extensão universitária como uma forma de troca de saberes entre a Universidade e a comunidade, por meio do desenvolvimento de atividades que colaborem na formação profissional, ética e cidadã dos estudantes, na promoção do desenvolvimento regional, alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

Bacana, né? Comece já a traçar o seu futuro! A Univali oferece bolsas de estudos para cursos EAD com a mesma qualidade do presencial. 

A inscrição é gratuita. Não deixe para depois! 

Este conteúdo sobre extensão universitária foi útil? Esses artigos também podem te interessar: 

Use sua nota do Enem e ganhe bolsa na sua graduação EAD!

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT