Você já ouviu falar em liderança transformacional?

É um modelo de gestão em que as lideranças incentivam, inspiram e motivam os colaboradores, buscando construir um forte senso de cultura corporativa.

Por meio desse tipo de liderança, os profissionais se tornam mais aptos e incentivados a desenvolver seu trabalho com excelência. Afinal, eles se sentem mais engajados em seu dia a dia.

Neste artigo, falaremos tudo sobre a liderança transformacional e como você pode adotar esse modelo de gestão na sua equipe. Fique conosco e entenda tudo sobre o assunto!

Aqui você vai conferir:
O que é a liderança transformacional
Os 4 elementos da liderança transformacional
A diferença entre liderança transformacional e transacional
Como se tornar um líder transformacional
Exemplos de liderança transformacional

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é a liderança transformacional

Liderança transformacional é um modelo de gestão em que os líderes engajam e motivam seus colaboradores, incentivando-os a inovar e a contribuir com a empresa.

É um tipo de liderança que constrói um forte vínculo com a cultura organizacional e assume um papel de exemplo perante os funcionários .

Ou seja, é um modelo que encoraja uma liderança autêntica, comprometida e motivada com a ideia de que os funcionários serão inspirados a seguir o seu exemplo.

O conceito de liderança transformacional surgiu na década de 1970, a partir do livro “Rebel Leadership: Commitment and Charisma in a Revolutionary Process”, escrito pelo sociólogo James V. Downton.

Contudo, foi só depois de ser expandido pelo cientista político James MacGregor Burns que o conceito se tornou uma das bases para a pesquisa de liderança no mundo.

Embora tenha surgido nos anos 70, a liderança transformacional ainda é um estilo de liderança muito eficaz e que traz bons resultados, sendo muito aplicada no meio corporativo na atualidade.

Além disso, é aplicável em negócios de todos os setores, mas é especialmente vital para indústrias onde inovação e agilidade podem ser determinantes para o sucesso.

>>> Leia mais: 6 teorias de liderança que todo profissional precisa conhecer

Os 4 elementos da liderança transformacional

Agora que você já sabe o que é liderança transformacional, pode estar se perguntando: mas, como funciona esse modelo de gestão na prática?

Os líderes transformacionais baseiam sua atuação em 4 elementos principais. Abaixo, apresentamos mais sobre eles:

  • Influência idealizada: engloba a habilidade do gestor liderar pelo exemplo. Ou seja, um líder transformacional age da forma como gostaria que seus liderados atuassem e não pede que sua equipe faça coisas que ele próprio não faria;
  • Estímulo intelectual: diz respeito à capacidade que o líder tem de desafiar seus colaboradores e incentivá-los a alcançar seus melhores níveis de atuação. O líder transformacional dá espaço para que os colaboradores tenham ideias ousadas, assumam riscos controlados e sejam agentes da inovação;
  • Motivação inspiradora: é a forma com que o líder transformacional compreende cada profissional e o motiva individualmente para que cumpra suas responsabilidades e atinja as metas do grupo como um todo;
  • Consideração individualizada: o líder transformacional considera cada profissional sob o seu comando como um indivíduo, levando em conta suas necessidades, limitações, desejos e potencial. O resultado dessa abordagem individualizada é um aumento no desempenho geral da empresa.

>>> Leia mais: Por que a liderança digital é tão importante para sua carreira

Liderança transformacional - gestora em frente a sua equipe durante reunião

A diferença entre liderança transformacional e transacional

Antes de prosseguirmos em nossa explicação sobre liderança transformacional, é interessante fazermos uma pequena diferenciação entre ela e a conhecida liderança transacional.

Apesar de serem conceitos parecidos, eles carregam significados distintos.

A liderança transacional é baseada principalmente em processos e controle, exigindo uma estrutura de gestão rígida. Já a liderança transformacional, se concentra em inspirar as equipes a e exige um alto grau de coordenação, comunicação e cooperação.

Ou seja, são modelos de gestão com objetivos diferentes. Contudo, não precisam ser excludentes: afinal, em muitas empresas, elas podem ser complementares.

Esses dois estilos de liderança podem ser necessários na mesma organização para contrabalançar uma a outra, ajudando a atingir as metas de crescimento e desenvolvimento.

>>> Leia mais: A importância da liderança compassiva na gestão da sua equipe

Como se tornar um líder transformacional

Se você está interessado em se tornar uma liderança transformacional, separamos aqui algumas dicas que podem ajudá-lo a adotar esse estilo de gestão:

  • Seja um exemplo para seu time e aja de acordo com o que cobra deles;
  • Comunique-se de forma inspiradora com a sua equipe, sendo sempre objetivo, coerente e empático;
  • Incentive seus colaboradores a aprimorarem suas habilidades técnicas e interpessoais;
  • Seja visionário e pense a longo prazo;
  • Saiba identificar oportunidades de inovação;
  • Conheça as necessidades de desenvolvimento de cada membro da sua equipe e proponha reuniões para feedback;
  • Conecte os pontos fortes da sua equipe à missão, visão e valores da empresa;
  • Treine seus colaboradores e confie neles ao delegar as tarefas;
  • Dê autonomia para sua equipe, evitando microgerenciar cada pequena decisão no dia a dia;
  • Seja claro ao comunicar as responsabilidades e metas da equipe;
  • Crie plano de carreira para motivar os colaboradores.

>>> Leia mais: Profissional generalista e especialista: diferenças e importância

Exemplos de liderança transformacional

Você sabia que líderes do mundo todo são adeptos desse estilo de liderança? A publicação Harvard Business Review fez um levantamento com os melhores exemplos de líderes transformacionais. Conheça quem são:

1. Jeff Bezos, da Amazon

Jeff Bezos é um exemplo de liderança transformacional por ter migrado do mundo das finanças para revolucionar o mercado de comércio eletrônico, construindo uma das marcas mais valiosas do mundo.

2. Mark Zuckerberg, do Facebook

A postura visionária de Mark Zuckerberg contribuiu para a criação da maior rede social do mundo. Seu estilo transformacional de liderar fez do Facebook uma empresa bilionária.

3. Reed Hastings, da Netflix

A liderança transformacional de Hastings criou uma nova forma de consumir conteúdos em audiovisual, provocando mudanças profundas na indústria do entretenimento mundial.

4. Steve Jobs e Tim Cook, da Apple

A liderança de Jobs e Cook fez com que a Apple se firmasse como sinônimo de inovação e tecnologia. Hoje a empresa conta com legião de fãs que possuem todo o ecossistema de produtos da empresa.

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

E aí, gostou de conhecer mais sobre a liderança transformacional?

Se você está buscando se tornar um gestor mais qualificado e preparado para as demandas do mercado de trabalho, certamente a ideia de fazer uma pós-graduação já deve ter passado pela sua cabeça, não é mesmo?

Já pensou se você cursasse uma especialização que o preparasse tanto em termos técnicos quanto em habilidades socioemocionais para liderar? Essa é a Pós +Carreira EAD Univali.

Através do Programa de Aceleração Profissional, você desenvolve as hard skills e soft skills necessárias para ser um bom líder e ser reconhecido na sua área de atuação.

Confira aqui todas as nossas opções de curso e comece hoje mesmo a alavancar sua carreira!

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT