Foi chamado para uma entrevista de emprego? Parabéns! 

Isso significa que seu perfil se destacou e que você se encaixa nos principais requisitos de seleção, além dos recrutadores enxergarem potencial nas suas skills. 

Nessa etapa tão importante, é preciso se preparar para mandar bem. 

Para te ajudar nisso, saiba como responder 10 das perguntas de entrevista de emprego mais comuns e alcance a vaga dos seus sonhos! 

Confira:

Como funciona uma entrevista de emprego
Como se preparar para uma entrevista de emprego
10 perguntas de entrevista de emprego e como respondê-las
Como se portar durante a entrevista de emprego
Um passo mais perto da colocação profissional

Receba dicas infalíveis para se sair bem na entrevista de emprego!

Como funciona uma entrevista de emprego 

A etapa de entrevista de emprego é a que o recrutador visa a conhecer as características do candidato com a intenção de entender sua experiência profissional e seu perfil, além de observar o interesse da pessoa pela vaga e pela empresa. 

É uma espécie de conversa, baseada em perguntas e respostas, em que tanto o entrevistador tira dúvidas sobre o currículo do profissional quanto o entrevistado pergunta sobre a vaga e os desafios propostos. 

Essa é a hora em que você, candidato, vai demonstrar seu interesse em fazer parte da instituição e mostrar a forma que você se comunica e se expressa, além de contar sobre suas experiências passadas e seus pontos fortes. 

Por isso, não dê bobeira e se prepare para esse momento! 

Como se preparar para uma entrevista de emprego 

O nervosismo é normal. Os recrutadores entendem com naturalidade esse sentimento. Contudo, não deixe que ele tome conta de você. 

Para ajudar a se preparar para esse momento, anote as dicas: 

1. Planeje-se 

Para entrevistas presenciais, acorde com tempo de sobra para poder se arrumar com calma e levar documentos e carteira. 

Saia de casa mais cedo para chegar pelo menos 5 minutos antes do horário.

Veja o tempo de trajeto no dia anterior e conte com possíveis atrasos no trânsito, seja usando carro particular ou transporte público. 

Se a entrevista for online, entre no link com antecedência para ver se tudo está funcionando corretamente, como a câmera e o microfone. 

2. Tenha um bom sono na noite anterior à entrevista

3. Alimente-se com comidas leves

4. Cuide com o dress code

A conversa formal que você terá com o entrevistador pede um visual também formal, como roupas que você usaria numa reunião empresarial. 

A vestimenta pode variar de uma instituição para outra: entrevistas em bancos combinam com roupas sociais e confortáveis, como calça social e camisa. 

Já empresas mais informais permitem o uso de uma calça jeans de lavagem escura no lugar da calça social. 

Em qualquer instituição, evite roupas curtas ou de passeio. 

5. Estude a empresa 

Leia sobre a empresa e conheça mais sobre os valores e conquistas da instituição. 

Essas informações vão te ajudar a explicar por que seus objetivos profissionais estão alinhados à cultura da organização.

Conheça 10 perguntas de entrevista de emprego e alcance a vaga dos seus sonhos

10 perguntas de entrevista de emprego e como respondê-las 

Confira 10 perguntas que são populares em entrevistas de emprego e como você pode respondê-las de maneira adequada. 

1. Qual é a sua experiência profissional? 

A ideia nessa pergunta é que você faça um breve resumo da sua trajetória acadêmica e profissional. 

Comece contando sobre a sua formação, o curso e a instituição de ensino que frequentou, seguindo para suas experiências profissionais mais relevantes. 

Algo bacana é, de maneira resumida, falar suas principais funções nos locais em que você trabalhou, mencionando também desafios e aprendizados. 

Se você está se candidatando para cargos de liderança, vale falar sobre isso e sobre seus conhecimentos em teoria da liderança, por exemplo. 

Cuide para não estender demais a sua fala. Elenque o que for mais relevante no seu currículo. 

2. Você é fluente em alguma língua estrangeira? 

Há funções e empresas que pedem o domínio de inglês ou espanhol, por exemplo. 

Ao ser questionado sobre sua aptidão, seja sincero sobre seus conhecimentos em línguas estrangeiras. Se você tiver nível básico ou intermediário, por exemplo, conte para o recrutador. 

É importante reforçar que você quer ou está se aprimorando no idioma para conseguir a fluência o mais breve possível. Não vale a pena arriscar dizendo que você é fluente se essa não for a realidade. 

3. Por que você quer trabalhar na empresa? 

Essa é uma pergunta tradicional nas entrevistas de emprego. 

Sabemos que todos querem uma colocação profissional e crescer na carreira, além de melhorar a situação financeira. Contudo, é preciso temperar melhor essa resposta para garantir a vaga. 

É nessa hora que ter estudado sobre a empresa faz toda a diferença! 

Ao ser questionado sobre as razões de querer estar naquela instituição, diga que a cultura da empresa tem valores que vão de encontro com os seus, o que te motiva a trabalhar ali. 

4. Por que devemos contratar você? 

Essa também é clássica.

Confie no seu potencial e lembre que, se te chamaram para essa etapa, é porque você tem características e um perfil profissional que se assemelha ao que está sendo procurado pelos recrutadores. 

Com um bom jogo de cintura e sinceridade, é possível montar uma resposta convincente. 

Mostre-se como alguém que colaborará com a instituição, assim como ela também irá colaborar com o seu desenvolvimento profissional.

Vale conectar algum conhecimento que você tem com os desafios que a função propõe, por exemplo. 

CUIDADO: use o bom senso para não exagerar e passar uma imagem egocêntrica de si mesmo. 

5. Você trabalha bem em equipe? 

Independentemente da timidez, é preciso ter capacidade de trabalhar bem em equipe, de maneira respeitosa e colaborativa. 

Essa habilidade é essencial pois muitas funções influenciam em outras, além das atividades de trabalho que demandam mais de uma pessoa. 

Em resumo, a capacidade de boa relação interpessoal faz candidatos se destacarem.  

Dessa forma, ao ser questionado sobre isso, responda além de “sim” ou “não”: justifique a resposta.

Uma ideia é contar de momentos em que você já trabalhou positivamente em equipe. 

6. Como você se vê daqui a 5 anos? 

Sabemos que nenhum planejamento é certeiro, visto que várias situações ocorrem durante a vida e podem mudar os caminhos que traçamos.

Contudo, ter um planejamento de carreira destaca todo bom profissional. 

Ao ser questionado sobre isso, conte como se imagina no futuro e como se dedicará para cumprir esses objetivos. 

Quer subir de nível pleno para sênior? Pretende fazer uma especialização ou um novo curso?

Vale a pena contar o que almeja e quais passos dará para fortalecer seu currículo profissional para continuar crescendo na carreira e conquistando o que deseja. 

7. Como você ficou sabendo da vaga? 

Essa pergunta, por mais simples que pareça, é uma oportunidade para se destacar. 

Se você tiver sido indicado por algum amigo ou conhecido para a vaga, conte na entrevista quem é a pessoa que te indicou e o que ela te falou sobre a instituição que te motivou a querer fazer parte do time. 

Caso você tenha visto a vaga nas redes sociais ou outras formas de divulgação, também é uma boa forma de se sair bem na resposta: conte o que mais te chamou a atenção na descrição da vaga para enviar o currículo. 

8. Quais são os seus pontos fortes? 

Com essa pergunta, você pode responder indicando quais são suas soft skills, habilidades e características que te tornam um bom membro de equipe. 

Entre essas características pode-se citar boa comunicação, bom relacionamento interpessoal, facilidade de aprendizagem, proatividade e atenção aos detalhes. 

Aqui também vale falar situações em que essas qualidades fizeram a diferença. 

9. Quais são os seus pontos fracos? 

Irmã da pergunta anterior, também tem grande importância. 

Os recrutadores estão cientes que todos têm pontos a serem desenvolvidos e precisam estar a par de quais são eles para avaliar o autoconhecimento do candidato. 

Uma dica de ouro para responder essa pergunta é falar de seus pontos fracos e, em seguida, explicar o que faz para melhorá-los e atenuá-los. 

Por exemplo, caso você não seja bom em comunicação oral, diga que está fazendo curso de oratória para melhorar esse ponto e se qualificar cada vez mais profissionalmente 

Caso você não seja bom em escrita, diga que está em busca de cursos de língua portuguesa e redação.

Se não é nota 10 em Excel, diga que está se especializando para sair do nível básico. E por aí vai. 

10. Como você lida com pressão? 

Aqui a resposta valiosa está na palavra-chave “organização”. 

Diga que, diante de situações de pressão e estresse, você tenta organizar suas demandas e seu ambiente de trabalho para entregar os projetos com qualidade e com o prazo acordado. 

A organização é essencial para te ajudar a manter o foco e a calma em situações de pressão e estresse. 

Como se portar durante a entrevista de emprego 

Por mais clichê que pareça, é preciso ser você mesmo. 

Caso você tente parecer o que não é, o recrutador irá perceber, devido aos treinamentos feitos por esses profissionais e a experiência na área. 

Não tenha medo de mostrar seus objetivos, suas características profissionais e sua forma de trabalhar.

Conforme já dissemos, se você foi chamado, é porque seu perfil é de qualidade e vai de encontro ao que é procurado para a vaga. 

Mantenha a calma para responder as perguntas sem se atropelar e de maneira clara e coerente.

Demonstre interesse e empolgação para a vaga, mostre que está disposto a oferecer um bom trabalho para a empresa, pois candidatos que se mostram indiferentes ou não contam sua história de forma interessante não se destacam no processo seletivo. 

Para seguir tudo isso, é importante cuidar com o que vai responder, pensando qual tipo de mensagem você deseja passar para o recrutador, sem esquecer de ser objetivo e claro na resposta. 

Outro ponto importante é a postura física na entrevista de emprego.

Faz diferença olhar nos olhos do recrutador, claro, de maneira natural, sem parecer exagerado. Olhar nos olhos passa credibilidade e confiança, sobretudo na hora de se apresentar. 

Outra dica é, apesar de estar numa situação de nervosismo, evite cruzar os braços ou encolher os ombros, sentando-se de maneira ereta na cadeira. 

Um passo mais perto da colocação profissional 

Anotou todas as dicas? Agora é só se preparar e mandar bem na entrevista. 

Lembre-se de que é uma conversa, mesmo que formal, entre pessoas. Confie no seu potencial para participar daquele processo seletivo e com humildade para reconhecer pontos de melhoria. 

Seguindo as dicas de comportamento para antes e depois da entrevista, a tendência é conseguir uma conversa bem produtiva com o recrutador e estar um passo mais perto de conseguir a vaga dos sonhos. 

Desejamos boa sorte na sua caminhada profissional! 

Este conteúdo sobre perguntas de entrevista de emprego foi útil? Acelere sua carreira com os artigos do Blog do EAD Univali! 

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT