Tag: Cursos

O exercício físico é primordial para manter a saúde do corpo e da mente em dia. O profissional de Educação Física é o especialista capaz de promover e identificar as melhores atividades físicas para cada pessoa.   

Na atualidade, vivemos em tempos de muito sedentarismo. Crianças, adolescentes, adultos e idosos se movimentam cada vez menos, passando muito tempo em frente às telas.   

Nesse contexto, os profissionais de Educação Física têm se tornado ainda mais necessários, com um importante papel de mobilizar e incentivar as pessoas à prática esportiva e de exercícios físicos.  

Para quem pensa em investir na carreira, a Educação Física é uma profissão que oferece boas oportunidades de trabalho. Desde as academias até as escolas, os profissionais de Educação Física encontram um mercado aquecido e com diversas frentes de atuação.   

Neste artigo, vamos falar mais sobre áreas de atuação do profissional de Educação Física, sua importância para a sociedade, a graduação na área e a expectativa de remuneração.   

Confira: 
A importância do profissional de Educação Física 
Como é o curso de Educação Física? 
Em quais áreas o profissional de Educação Física pode atuar? 
Quanto ganha um profissional de Educação Física?
Onde estudar Educação Física? 
Conclusão 

areas-de-atuacao-do-profissional-de-ed-fisica - professor de educação física cercado de crianças

A importância do profissional de Educação Física

A prática de exercícios físicos vem se tornando um hábito cada vez menos comum na sociedade. As longas horas sentados no trabalho ou nas aulas, somadas ao tempo em frente às telas, têm tornado a população mundial mais sedentária a cada dia.   

E essa tendência não apenas é uma percepção: dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) nos ajudam a compreender essa lógica.    

De acordo com a organização, em 2019, 70% das pessoas no mundo todo eram sedentárias  

Além do risco de obesidade, a falta de atividade física pode levar ao desenvolvimento de outras doenças. As estatísticas do órgão apontam que o sedentarismo é responsável por 54% do risco de morte por infarto, 50% do risco de morte por derrame cerebral e 37% do risco de morte por câncer.   

Falando do Brasil especificamente, os dados também não são promissores. Em 2019, de acordo com IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 40,3% dos adultos foram classificados como insuficientemente ativos. Ou seja, não praticavam nenhuma atividade física ou praticavam por menos do que 150 minutos por semana.   

pandemia da covid-19 aprofundou ainda mais esse problema. Com as medidas de isolamento social, as pessoas passaram a ficar cada vez mais tempo em casa, o que impactou diretamente na prática de exercício físico.   

As crianças foram algumas das mais afetadas. Segundo a OMS, durante a pandemia, 78% das crianças e 84% dos adolescentes brasileiros não fazem o mínimo de atividade física recomendada por dia.  

Nesse contexto, em que as pessoas de todas as faixas etárias se movimentam de forma deficitária, os profissionais de Educação Física tornam-se ainda mais essenciais.   

Contar com bons profissionais da área é uma questão de saúde pública na atualidade. O exercício físico traz benefícios que vão além da estética, contribuindo para a prevenção de doenças e para o bem-estar da mente.   

A expectativa e qualidade de vida da população estão estritamente relacionadas à prática de atividades físicas.  

Como é o curso de Educação Física?

A graduação em Educação Física forma profissionais capazes de promover atividades físicas e esportivas para todas as idades.   

Durante o curso, os estudantes passam por disciplinas de anatomia humana, biomecânica e fundamentos dos esportes, com aulas teóricas e práticas.   

A graduação tem duração média de quatro anos e pode ser no formato de bacharelado ou licenciatura.    

O bacharelado habilita os diplomados para atuar nas áreas de desporto, lazer, saúde, recreação e gestão. Já a licenciatura é voltada à formação de professores.  

Ou seja, o bacharel é formado para uma atuação mais ampla de mercado, e a licenciatura é voltada para aqueles que desejam se tornar professores, dando aulas para os ensinos básico, fundamental e médio. 

Nova call to action

Em quais áreas o profissional de Educação Física pode atuar? 

Como vimos anteriormente, os profissionais de Educação Física tem uma relevância grande para a sociedade. Em função disso, existe uma série de possibilidades de atuação profissional.   

Empresas privadas e públicas oferecem oportunidades — seja para trabalhar diretamente com atividade física ou na gestão de projetos que envolvam esportes.   

Abaixo, detalhamos as principais áreas de atuação:  

Ensino  

Quem não se lembra das aulas de Educação Física na escola? Os profissionais de Educação Física licenciados podem dar aulas para os níveis básico, fundamental e médio.   

Os trabalhadores que atuam nessa área são responsáveis por incentivar a prática de atividade física entre crianças e jovens. Além disso, eles apresentam as principais modalidades esportivas, explicando regras, normas e questões práticas dos jogos.  

Esportes  

Os profissionais de Educação Física podem trabalhar com diversos ramos do esporte.  

O mais conhecido envolve a prática direta, atuando como atletas de futebol, vôlei, basquete, etc. Esses profissionais se especializam em determinado esporte e integram times ou clubes. O principal objetivo é competir e vencer campeonatos.   

Além de atuar diretamente na prática esportiva, o profissional de Educação Física também pode trabalhar como técnico e preparador físico de times e clubes.  

Saúde e Reabilitação  

Pacientes que passaram por doenças, cirurgias ou têm problemas físicos podem precisar da ajuda de profissionais de Educação Física. A área da saúde e reabilitação é mais um nicho de atuação.   

A prática de exercício físico é vital para a recuperação de alguns pacientes, sendo essencial que profissionais capacitados planejem e organizem o melhor treino possível.   

Nessa área, é comum que os profissionais de Educação Física atuem em parceria com os fisioterapeutas.   

Academias  

Quem nunca se machucou depois de fazer um exercício da forma incorreta? Ou praticou variados tipos de exercícios e nunca alcançou os objetivos desejados?   

As academias estão investindo cada vez mais na contratação de profissionais de Educação Física para o quadro de funcionários.   

Esses profissionais são essenciais para orientar os alunos e planejar treinos específicos de acordo com seus objetivos.   

Lazer e Recreação  

Profissionais de Educação Física também podem atuar nas áreas de recreação e lazer de hotéis, resorts e cruzeiros.  

Quem atua nessa área é responsável tanto por executar as atividades quanto por planejá-las.  

Ginástica Laboral  

Muitas empresas contam com profissionais de Educação Física para trabalhar exercícios laborais com seus colaboradores.   

Em função da pandemia, esses profissionais estão sendo ainda mais requisitados para realizar aulas online com os trabalhadores que estão em home office.    

Gestão  

Por fim, os formados em Educação Física também podem atuar na gestão de espaços e projetos relacionados à prática de exercício físico e esportes.   

Esses profissionais podem trabalhar com empresas privadas e públicas, elaborando e executando programas de combate ao sedentarismo e de incentivo à prática de atividades físicas. 

Quanto ganha um profissional de Educação Física?   

salario-do-profissional-de-educacao-fisica - homem orientando mulher que se exercita em bola de ginástica

A remuneração dos diplomados em Educação Física vai variar conforme a experiência e nível de especialização do profissional.   

De acordo com o Educa Mais Brasil, os salários médios são:  

Trainee: R$ 1.116,50 a R$ 1.886,89 

Junior: R$ 1.395,62 a R$ 2.358,61  

Pleno: R$ 1.744,53 a R$ 2.948,26  

Sênior: R$ 2.180,66 a R$ 3.685,33  

Master: R$ 2.725,83 a R$ 4.606,66 

Onde estudar Educação Física? 

O EAD Univali oferece o curso de bacharel e licenciatura em Educação Física 

O curso tem duração de 4 anos e meio e habilita os profissionais para atuar como bacharéis e licenciados na área.  

A graduação é semipresencial, com conteúdos teóricos on-line e encontros presenciais para colocar em prática os conhecimentos.  

Conheça algumas das disciplinas da grade curricular:  

  • Educação Física: Cenários e Campo de Atuação 
  •  Manifestações da Ginástica 
  • Estudo do Movimento: Anatomia 
  • Saúde, Sociedade e Cultura 
  • Cultura Corporal de Movimento: Ludicidade e o Brincar 
  • Desenvolvimento e Aprendizagem Motora  
  • Recreação e Lazer 
  • Bases Fisiológicas 
  • Cinesiologia e Biomecânica 
  • Adaptações Orgânicas ao Exercício 
  • Abordagens Metodológicas do Ensino da Educação Física 
  • Pedagogia do Esporte 
  • Educação Física Inclusiva e Esportes Adaptados 
  • Educação Física na Educação Básica 
  • Políticas Públicas da Educação 
  • Esportes 
  • Primeiros Socorros 
  • Práticas Corporais no Meio Ambiente 
  • Atividades Aquáticas 

Conclusão 

Neste artigo, explicamos mais sobre áreas de atuação do profissional de Educação Física e abordamos informações sobre graduação, salário e a importância desses trabalhadores.   

Com o avanço do sedentarismo em nossa sociedade, formar profissionais capacitados e qualificados para trabalhar com atividade física é essencial.  

Em função disso, esses profissionais encontram um mercado aquecido e abrangente, com possibilidade de trabalhar nas áreas da educação, esportes, academias, lazer e muitas outras.   

O primeiro passo para iniciar a carreira na Educação Física é fazer graduação em uma instituição de prestígio.  

O EAD Univali segue os mesmos critérios de qualidade das graduações presenciais. Além disso, os professores e tutores dos cursos EAD são os mesmos do presencial.  

E fica a dica: temos diversas opções de bolsas de estudos no EAD Univali! Encontre a mais adequada e dê início a sua carreira.  

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Baixe agora o manual:

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT